quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

DOCUMENTÁRIO: « A Lula Gigante» de Yasuhiro Koyama (Japão, 2013)



Para os que visitavam há muitos anos atrás o Aquário Vasco da Gama, um dos exemplares aí expostos, que mais suscitavam a nossa atenção, era o de uma lula gigante embalsamada. Ali diante de nós estava um representante daqueles seres míticos, que Júlio Verne referenciara nas suas aventuras do Capitão Nemo e que seriam até de dimensões tais, que seriam capazes de arrastar navios para as profundezas oceânicas.
O documentário produzido pelo canal público japonês e pelo Discovery permite-nos ver, no entanto, um desses seres a movimentar-se livremente perante a câmara.
É que as provas maiores da ainda existência de tais lulas estavam nas fotografias captadas em 1996 a mil quilómetros da baía de Tóquio. Agora, graças a excecionais meios tecnológicos e a uma equipa de cientistas de onze nacionalidades diferentes, o documentário testemunha a investigação sobre esses monstros marinhos, que habitam nos abismos do Oceano Pacífico.
Dirigida pelo professor Tsunemi Kubodera, a equipa científica que também integra os prestigiados Steve O’Shea (neozelandês) e Edith Widder (EUA) tripula um submarino especialmente concebido para esta expedição e capaz de facultar-nos imagens únicas sobre os seres capazes de fazerem dessas condições tremendamente exigentes, o seu habitat. Com destaque para essa lula de dez metros de comprimento que, durante alguns minutos, se movimenta em frente à câmara e fascina com o seu tom declaradamente metálico...

Sem comentários:

Publicar um comentário