sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

POLÍTICA: O que iremos penar por causa dos erros do Gaspar


Para Pedro Silva Pereira a notícia da semana não foi a aparente mudança de política do Governo - que está longe de estar confirmada - mas sim o reconhecimento pelo ministro das Finanças do fracasso orçamental e económico da sua política de austeridade "além da troika".
Na sua crónica semanal no «Diário Económico» o antigo ministro socialista constata que, ao fim de vinte meses, o ministro fala, realmente, devagar. Infelizmente, estatelou-se depressa.
Depois dos sucessivos fracassos nas execuções orçamentais de 2012, as consequências são devastadoras para os portugueses: o erro de Vítor Gaspar pôs a economia em recessão profunda e atirou 250 mil portugueses para o desemprego em apenas dezoito meses.
A herança desta passagem da direita pelo poder será extremamente pesada para quem vier a seguir.

Sem comentários:

Publicar um comentário