domingo, 5 de maio de 2013

MÚSICA: Recital de piano de Savka Konjikusic


No âmbito dos seus concertos da Primavera, o Solar dos Zagallos (Sobreda da Caparica) proporcionou esta tarde o terceiro programa deste ciclo às dezenas de espectadores, que se apertaram no seu belo salão de festas.
Para um edifício, que foi construído na época do Romantismo, nada mais adequado do que um recital em torno de algumas peças de Lizst e de Chopin, dois dos mais lídimos representantes desse período.
A pianista sérvia Savka Konjikusic interpretou-as irrepreensivelmente sem qualquer recurso a pauta como nos habituámos a constatar nos solistas dos antigos países do Leste Europeu.
Pode-se aventar que uma música de emoções teve uma abordagem dela isenta, já que também é da praxe a técnica impecável como contraponto à impassibilidade da expressão corporal nos intérpretes dessas realidades geográficas. Mas devemos congratularmo-nos com o esforço da autarquia almadense em manter uma oferta cultural de grande riqueza e diversidade aos seus munícipes e a todos quantos a aproveitam.
Nesse sentido as preocupações com a cultura dos decisores políticos de esquerda são tão óbvias quanto a falta delas pelos de direita, que de um rui rio capaz de acabar com a feira do livro ou com a oferta dantes existente no Rivoli do Porto, até um governo capaz de gastar no folclore de Joana Vasconcelos o que poupa com o teatro, o cinema e a música, revela o seu analfabetismo estrutural...

Nota - porque o You Tube não tem grande diversidade das exibições de Savka Konjikusic, aproveitamos aqui o registo de uma ocorrida há cerca de dois anos e tendo, também, Lizst como motivo...


Sem comentários:

Publicar um comentário