segunda-feira, 7 de outubro de 2013

POLÍTICA: os idiotas úteis da direita no seu esplendor!

Uma semana passada sobre as eleições autárquicas não foram apenas os deputados do PSD e do CDS a desvalorizarem a sua óbvia leitura nacional. Nas televisões e nos jornais sucederam-se comentadores a quererem desviar as atenções do óbvio, enfatizando as câmaras ou os votos perdidos pelo PS ou o significativo aumento dos que escolheram inutilizar o boletim ou entrega-lo em branco. Como se, dessa forma, a vitória socialista perdesse o seu brilho.
Esses comentadores - mormente os do cada vez mais niilista «Eixo do Mal» - não referiram que o PSD e o CDS juntos perderam 644 mil votos desde as anteriores autárquicas e 1146 mil votos desde as últimas legislativas. Ou que o risível “penta” de paulo portas vale tanto quanto isto: em conjunto, os votantes desses quatro municípios ganhos pelo CDS só chegaria para eleger um vereador na Câmara de Lisboa.
É verdade que os socialistas ainda não constituem a alternativa credível, que os portugueses almejam, mas pesem embora as limitações do seu atual secretário-geral, o PS constitui a única possibilidade ao alcance dos eleitores para se verem livres de quem os está a agredir violentamente com um pacote de austeridade, que excede todos os limites da decência.
Por isso mesmo, seria desejável que muitos desses comentadores se livrassem da função de idiotas úteis desta direita cada vez mais detestada pelos portugueses...


1 comentário:

  1. Esses que refere da direita, não são idiotas úteis, são comprometidos, interessados, avençados alguns. Há muitos idiotas úteis, mas esses são os que do interior do PS, alinham em jogos subterrâneos de guerrilha que fragilizam o PS, aparentando que desejam para SG alguém mais dotado. Nas cx de comentários de jornais, blog, facebook aprende-se muito.. Tenho pena, não gosto do que vejo. Os que refere da direita, é normal e não esperamos outro comportamento.

    ResponderEliminar