sábado, 2 de fevereiro de 2019

Concluam o golpe de Estado, mas não nos tomem por parvos!


Curiosamente vai aparecendo nas redes sociais quem defenda mais ou menos isto: pode ser verdade, que a CIA e outras agências norte-americanas tenham sabotado anos a fio a política venezuelana para acabar com o chavismo, mas terão sido tão bem sucedidas, que o povo venezuelano está a passar por grandes privações, senão mesmo miséria e fome. Por isso, dado que o intervencionismo ianque revelou-se mais forte do que a habilidade de Maduro para o enfrentar, o melhor é aceitar o golpismo de Guaidó, mesmo sabendo-o um fantoche por conta dos interesses das multinacionais petrolíferas do tio Sam.
Se isto não significa aceitar o benefício do infrator, não sei que mais será preciso! Como aqui tenho reiteradamente escrito, prevejo que esteja por dias a consumação definitiva do golpe. Mas não nos tomem por parvos, convencendo-nos que os venezuelanos ficarão melhor como neocolónia americana, porque os lucros do petróleo - de imediato privatizados! - irão para quem promoveu, financiou e apoiou a alteração do regime. E os pobres ficarão bem pior do que estavam quando Chavez fez os possíveis por lhes minguar as dificuldades...

2 comentários:

  1. Avé,sigamos a política do poupa laranja,macho-alfa Trump itself! Os bons espíritos sempre se encontram e o Santos Silva não anda a dormir... lá vai na coluna do Trump,esse génio,marchando certinho,cobrindo muito bem pela frente,sempre à sombrinha da grande poupa! Ditosa Pátria que tais filhos tem.

    ResponderEliminar
  2. Há um pequeno problema com a teoria do 'capitalist encirclement', Jorge Rocha. Ele já está a ocorrer, só que com outros protagonistas: https://www.publico.pt/2019/02/04/mundo/opiniao/erdogan-eldorado-razao-turquia-apoia-nicolas-maduro-1860620, em colaboração com o 'socialista' Maduro. É que oligarquia por oligarquia, eu prefiro a do Tio Sam às de Putin, Xi Jinping e Erdogan...

    Eu percebo bem a raiva de quem apoia Maduro. Ele e o falhanço clamoroso do Chavismo são a prova provada de que a estratégia de desenvolvimento nacional baseada no extrativismo e no assistencialismo social, ainda preconizada por uma certa Esquerda, merece juntar-se ao Marxismo-Leninismo e à URSS no caixote do lixo da História.

    Pobre capitalismo :), digo eu, que é julgado pelos seus males assim como pelos erros clamorosos dos outros, em particular de uma Esquerda terceiro-mundista que deve ser a mais burra do mundo...

    ResponderEliminar