sábado, 10 de março de 2018

Um Jumento do Dia bem atribuído


Com plena justeza o Jumento do Dia é atribuído ao até agora desconhecido Hélder de Jesus, que decidiu dar nas vistas pelos piores motivos. O “rapazola”, como o designa o blogue em causa, fez emitir um comunicado em nome da Associação de Estudantes do ISCSP para deslegitimar os colegas, que andam a promover o abaixo-assinado de indignação contra o cábula cuja licenciatura foi obtida tarde e a más horas, e se vê equiparado a catedrático pela instituição onde por mero amiguismo é convidado a dar aulas. Num país onde a lógica do caciquismo contribui para tolher as suas perspetivas de crescimento e de desenvolvimento a contratação de Passos Coelho constitui um exemplo lapidar de como, mesmo no ensino público, a meritocracia é atirada às malvas, quando se trata de dar guarita a um medíocre incapaz de se realizar profissionalmente onde quer que seja, tão escassos são os seus talentos.
Ao fedelho «premiado» pel’O Jumento de pouco importa que seja a instituição a ficar em xeque na credibilidade ao garantir fundo de maneio ao político que, a par do filho do gasolineiro de Boliqueime, ganha ex-aequo a palma de piores governantes com que o país contou desde a recuperação da Democracia. Nem lhe passa pela cabeça, que não tem o poder de impedir quem quer que seja de exercer, na escola que frequenta, a liberdade de se indignar e de o fazer saber cá para fora. Mas sempre será curioso aferir o que se passará na cabeça do badameco: julgará ascender mais rapidamente na hierarquia da jota laranja? Pensará que, com a conivência do seu putativo padrinho, conseguirá que o Relvas lhe arranje emprego mais aliciante na carreira de gestor de agendas de contactos para facilitar negociatas muito rentáveis?
Pelos lados da Ajuda vai zurrando tal mentecapto, que tudo fará para continuar a dar nas vistas pelos piores motivos!

Sem comentários:

Publicar um comentário