sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Sondagens que sugerem a vitória de Sampaio da Nóvoa

Enquanto apoiante do Prof. Sampaio da Nóvoa só posso olhar para o trabalho da Eurosondagem, agora conhecido, com um grande otimismo.
Marcelo não consegue manter os índices muito acima dos 50%, que se conhecem de outros estudos, porque tendem a esvair-se progressivamente os votos dos eleitores da esquerda cuja opinião era apenas condicionada pela sua notoriedade em relação à dos restantes candidatos.
Há também a enorme diferença de registo entre o comentador televisivo e um aspirante à função mais elevada do Estado. Quem olhou anos a fio para as presenças dominicais de marcelo e o ouve agora a tentar assumir a gravitas inerente ao cargo a que almeja só pode concluir quanto a bolota não jogará com a perdigota.
Essa falsidade no tom e no conteúdo das palavras será determinante para vê-lo decair progressivamente, até abrindo algum espaço para Paulo Morais se este conseguir chegar à inserção do seu nome no boletim de voto.
É igualmente muito pequena a diferença entre Maria de Belém e Sampaio da Nóvoa. Sabendo-se quanto a ex-presidente socialista está próxima dos lobbies ligados aos grupos financeiros e farmacêuticos, sendo pois de evitar a sua eleição para não assegurar na presidência a promiscuidade já verificada quando, enquanto deputada, mantinha funções na administração de empresas de tais interesses económicos, bastaria que um dos candidatos à esquerda - Edgar Silva ou Marisa Matias - desistissem à boca das urnas e apoiassem Sampaio da Nóvoa para ser este a passar à segunda volta.
Confio, porém, que nem será necessário chegar a essa alternativa: Maria de Belém terá consigo os derrotados das Primárias de há um ano no PS e alguns socialistas mais iludidos, que clarificarão a sua posição com a evolução da campanha eleitoral. É que, como se viu no enorme jantar-comício dos Olivais, o prof. Sampaio da Nóvoa está a suscitar uma dinâmica de vitória, que arrebata os apoios dos mais dinâmicos setores da cultura, do conhecimento e da economia a nível nacional. E, quando se o ouve, em comparação com os demais candidatos, é evidente a diferença de substância, por ser o único com uma Visão de futuro para o país.
Muito embora a comunicação social o esteja aparentemente a boicotar - vide a quase ausência de reportagens sobre as suas ações de campanha! - Sampaio da Nóvoa irá progressivamente superar Maria de Belém. Até porque as ações de campanha desta - veja-se a apresentação no Porto - não conseguem cativar apoiantes. Por isso mesmo, e para não a comprometerem, as televisões, ora dão importância ridícula aos seus pequenos-almoços, ora nem sequer se atrevem a mostrar a assistência para que, supostamente, discursa.
E ainda nem sequer chegámos aos debates onde confio na enorme superioridade argumentativa do meu candidato em relação aos que lhe podem pôr em causa o vitorioso rumo a Belém.

5 comentários:

  1. penso ser - este gráfico - duvidoso.
    claro que sondagens são sondagens e não mais que isso... e claro que não é de estranhar a previsão de marcelo (com campanha feita ao longo dos anos num canal de tv).
    estranho é o resultado apontado para maria de belém.
    eu acho.

    ResponderEliminar
  2. Cá em casa, a família votará em peso em Sampaio da Nóvoa!

    ResponderEliminar
  3. Modere o seu otimismo. Em primeiro lugar, Sampaio da Nóvoa ainda não ultrapassou Maria de Belém nas sondagens e só faltam 60 dias para as eleições. É certo que a distância se encurtou relativamente à sondagem de 4 de Outubro, mas mesmo assim, suspeito que será necessário que um dos candidatos com filiação partidária na Esquerda desista. Julgo que o farão, porque não vejo como estarão dispostos a votar em Maria de Belém numa eventual segunda volta. Mas, mais importante, será o que Cavaco irá fazer. Se der posse a Costa, suspeito que a vida fica facilitada a Marcelo, já que as pessoas quererão alguém na Presidência que sirva de contrapeso à Esquerda em São Bento. Se prolongar a agonia de Passos, as Presidenciais serão centradas numa única questão, irá o próximo/a PR dar posse a Costa ou dissolver a AR? Aí Marcelo terá mesmo que se definir, o que lhe pode custar votos à Esquerda. De qualquer forma, a Campanha de Sampaio da Nóvoa terá que se centrar na questão da contribuição do PR para a estabilidade política, algo que Marcelo Rebelo de Sousa, por inclinação ideológica e pelo seu carácter, não estará em condições de garantir. O candidato Sampaio da Nóvoa deverá mesmo passar ao ataque, sem sobranceria, e deverá dramatizar o debate político...

    ResponderEliminar
  4. Estou completamente de acordo consigo caro Jaime e penso que a campanha tende a orientar-se para essa linha de ataque a marcelo!

    ResponderEliminar