sábado, 20 de junho de 2015

Querem tomar-nos por parvos!

Uma das vigarices que foi vendida pelo (des)governo para iludir os portugueses quanto às vantagens da venda da TAP foi a de se chegar a um ganho adicional com a privatização se o resultado operacional pudesse alcançar proximamente os 280 milhões de euros. Algo que jamais foi atingido na longa história da companhia, nem mesmo em circunstâncias mais favoráveis.
Chegou-se a um tal descalabro ético por parte dos que integram o executivo de passos coelho, que já nem preocupação existe em disfarçar o que já todos compreenderam ter-se tratado de um processo mais do obscuro. 

1 comentário:

  1. Tudo é obscuro nos procedimentos destes pseudo governantes.... Mas, pelos vistos, o pessoal gosta. Parece que quer dar-lhes mais quatro anos de bandeja... Valha-nos Deus - ou sei lá quem!

    ResponderEliminar